O super vilão Aedes aegypti ameaça também os animais

Um pequeno inseto e um poder de destruição tão grande. O mosquito Aedes aegypti tem preocupado toda a Comunidade Médica e os pesquisadores das questões Sanitárias e Epidemiológicas, pois cada vez mais se torna o carreador de mais e mais doenças infecto-contagiosas.

Já é sabido que transmite a dengue, a zika, a chikungunha. Nas últimas semansa porém, temos tidos inúmeros alertas de cidades com casos de febre amarela, quando, erroneamente culpam os pequenos primatas que vivem próximos às matas das cidades. Mas a culpa realmente é mais uma vez do Aedes aegypti, junto com o igualmente perigoso mosquito tigre, o Aedes albopictus.

            Ainda há outra doença reemergente chamada Mayaro, que tem sido detectada em algumas partes do país, assemelhando-se ao dengue.

Continue Reading →

Zoobiquidade

Termo criado pela cardiologista norte-americana Dra Barbara Natterson-Horowitz, é um neologismo contendo o prefixo “zoo” – relativo aos animais, e “ubiquidade” – que significa “está em toda parte, o tempo todo”.

Já vínhamos nos adaptando ao termo “Uma Só Saúde” (One Health). O conceito One Health foi divulgado pela primeira vez em 2007, através da colaboração entre a American Medical Association (AMA) e a Americal Medical Veterinary Association (AMVA) que criou uma estratégia mundial para a expansão de colaborações interdisciplinares e da comunicação em todos os aspectos dos cuidados de saúde humana e animal.Em 2008, a União Europeia abraçou este conceito e vem auxiliando a incrementar ações que tornem este conceito mais efetivo. Continue Reading →

Atenção para a infecção pelo Neospora caninum

https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcTSZQxbdLQjs3k0xI0ckLFqnS6DfgWolx7tlO5km58jIcVwMOyf-A

Há tempos, venho observando em meu atendimento na região rural de Teresópolis, o aumento de casos de cães jovens e adultos com sintomatologia neurológica. Sabemos que a doença mais comum com sintomas neurológicos é a cinomose, causada por um Morbilivirus. A cinomose ocorre em animais não vacinados, ou vacinados com vacinas não éticas ou ainda naqueles imunológicamente comprometidos.

Outra doença com sintomas neurológicos é a raiva,  que todos sabem que é terrível e não tem cura, daí a obrigatoriedade da vacinação anti-rábica anual por lei (a vacinação de cães e gatos contra a raiva é obrigatória no Estado do Rio de Janeiro, conforme estabelecido pela Lei Estadual N° 4.808 de 04 de julho de 2006).

Alterações na deambulação e mesmo convulsões podem ocorrer na infecção por Erlichia canis e outros hemoparasitss transmitidos por carrapatos. Intoxicações como o botulismo e envenenamentos por produtos químicos também mostram este quadro. Continue Reading →