Auto-hemoterapia em cães – ainda há muito a pesquisar

 

 

Método empírico utilizado pelos antigos médicos nas doenças auto-imune e naquelas de difícil resolução devido ao sistema imunológico deprimido, é muito utilizada na Medicina veterinária em animais de grande porte, notoriamente nas verrugas causadas pelo vírus da papilomatose.

Porém, recentemente mais estudos dentro da Medicina Veterinária, vem confirmando o real papel imunomodulador do procedimento. A autohemoterapia promove um estímulo proteico no caso de doenças inflamatórias, a partir da flebocentese de sangue venoso (coleta da veia cefálica ou jugular, nos animais de companhia) e imediata aplicação do mesmo por via intramuscular profunda, durante 3 semanas seguidas. Em bovinos retira-se cerca de 10ml de sangue, enquanto que nos cães, ainda não se chegou a um protocolo ideal, sendo que em geral se usa de 1 a 3ml de acordo com o peso do animal. Supõe-se que ao ser absorvido o sangue inoculado induz à formação de anticorpos específicos, no caso da papilomatose, conferindo cura total em três semanas. Também há relato de cura de Habronemose em equino.

Em 2010, pesquisadores da Faculdade Federal de Medicina Veterinária de Uberlância, inocularam sangue retirado de um cão positivo para erliquiose e que se encontrava m mau estado. Foi adicionado citrato ao sangue e o mesmo foi ozonizado. Em seguida, foi reentroduzido por via venosa ao animal. Este procedimento mse repetiu três vezes por semana. Após a 9ª sessão, os parâmetros clínicos e laboratoriais deste animal começaram a se normalizar, assim como a lesão renal aguda causada pela doença.  Porém isto foi relato de apenas um caso, e seria necessário haver mais animais tratados por este método para maiores comprovações.

Em 2012, Campos de Jordão, A Dr. Daniela Franco Lopes tambémk fez um relato onde tratou através da auto-hemoterapia uma cadela com sarna demodécia, com excelentes resultados, ficando assintomática. Utilizou ainda tratamento complementar com florais.

Ainda há relatos que a inoculação do sangue venoso por via intra-muscular leva a um aumento dos macrófagos, que através da fagocitose, destroem vírus, bactérias e outros microrganismos.

Particularmente já obtive bons resultados com auto-hemoterapia em um caso de um cão da raça Cocker Spaniel, com cerca de 12 anos, com otite crônica  multi-resistente. Já não respondia a qualquer antibiótico. Com duas aplicações do tratamento, a otite apresentou melhora considerável, mas a imunoestimulação resultou em aumento das taxas de ureia do animal. Assim dei continuidade no tratamento com o sangue manipulado segundo a farmacotécnica homeopática, por meio de tabletes por via oral, e o cão seguiu com melhoras da otite, mas já estando bastante idoso, veio a falecer alguns meses depois de um AVC.

Portanto, é necessário ter mais dados sobre este tratamento, que parece ser um bom instrumento terapêutico em casos de difícil resolução. Os estudo de caso , embora em pequeno número, são bastante favoráveis.

 

 

Literatura consultada:

GARCIA. C A,; PRADO B R; MOYA RG; GATTI O N F;  de Oliveira ; FERREIRA C L;  ACCIARDI V I C. The use of ozonated major autohemotherapy in canine ehrlichiosis’ treatment: case report. Revista CENIC. Ciencias Biológicas, Centro Nacional de Investigaciones Científicas Ciudad de La Habana, Cuba. vol. 41, 2010, pp. 1-7.

LOPES,D F.  O Salto Quântico da Medicina Veterinária.Revista Saúde Quantica, vol 1, n 1. Jan/Dez 2012.Campos de Jordão. São Paulo p.28-34.

SPADA,J.C.Pet AL. Auto-hemoterapia na Papilomatose bovina- relato de caso..Ciên. Agr. Saúde. FEA, Andradina, v.9, 2013, 78 – 81.

 

Por Leonora Mello

16 thoughts on “Auto-hemoterapia em cães – ainda há muito a pesquisar

    • Olá, Dalila, sei que é longe, mas em Novo Hamburgo há a Dra Elisandra Pezzeta, médica veterinária homeopata, que talvez possa lhe ajudar, ou indicar alguém em sua cidade. Deixo abaixo as referências da colega:
      R 24 de Maio , 1180 – Vila Rosa – Novo Hamburgo
      tel: (51) 3594 8374

      Abraços, e boa sorte. Feliz 2016!

  1. Eu tive fungos q peguei d um gato meu q infelizmente veio a falecer,depois de 2 meses comecei a fazer auto hemoterapia em mim, já na primeira vez fechou as minhas feridas e faço desde d outubro d 2015 até hoje, porém tenho feito nos meus gatos q pegaram fungos porém não funciona já perdi +. 1 e faço no outro será q teria q fazer mais alguma coisa, pq não queria perder este não, me ajudem as feridas dele não fecha.

    • Prezada Eliane
      Autohemoterapia em humanos ,que eu saiba, não é validada pelos Conselhos de Medicina. Em Medicina Veterinária não há proibição, mas também ainda não há protocolos definidos de quando, quanto e em quem deve ser feito. É preciso ter cuidado para o uso indiscriminado. No caso, se seus gatos forem portadores de doenças retrovirais, você, infelizmente, além de não estar ajudando a modulação imunoterápica,ainda pode estar multiplicando a carga viral dos mesmos. Pense nisto, é preciso ter consultoria de um médico veterinário que esteja fazendo e tendo bons resultados com auto-hemoterapia.As vezes em que eu utilizei, e foram poucas não foram em doenças infecciosas e sim em doenças auto-imunes.

  2. Boa tarde! Você poderia indicar algum veterinario que faça auto hemoterapia em São Paulo Capital.? O york de uma amiga está com anemia autoimune , é idoso , tem artrose e está muito mal, agradeço qqr informacao

    • Boa noite, Daisy. Infelizmente não conheço quem faça auto hemoterapia em são Paulo. Porém, é necessário ter certeza da causa. Algumas doenças como leptospirose e aquelas causadas pelo carrapato causam sintomas de anemia auto-imune, e somente melhoram com o seu tratamento específico. Em tempo, as doenças transmitidas pelo carrapato, causam bastante dores articulares. Perdoe-me não ter respondido antes, não tinha visto a mensagem.

  3. Olá. Por gentileza, meus amigos, a minha cachorra foi diagnosticada com câncer e eu gostaria de tratá-la com AHT, mas estou com muita dificuldade de encontrar profissionais que trabalhem com este procedimento. Por acaso vocês poderiam me indicar algum médico veterinário(a) que trabalhe com AHT aqui em SÃO PAULO !? Agradeço antecipadamente pela atenção e ajuda que puderem me dar. Abs

    • Olá. Consegui a informação que copio abaixo. Sugiro procurar , pois sei que há outras clinicas fazendo isso, A aplicação de autohemoterapia associada à ozonioterapia. Não se pode esperar milagres, e há critérios para sua aplicação, mas é uma tentativa, não é mesmo?

      Reabivet Academia e Centro de Reabilitação Animal
      Rua Pereira Tangerino, 318 – Jardim Guanabara
      Campinas/SP – CEP: 13073-210
      (19) 3294-5345

  4. Bom dia.
    Surpreendi-me com uma foto de minha autoria, publicada em um ariugo científico, onde fizemos um relato de caso.
    No entanto o site não faz referência ao artigo em nenhum momento.
    A foto pode ser utilizada sem problemas, mas peço que citem a fonte.
    Obrigada.

    • Boa tarde. Somente agora vi sua mensagem. Perdoe-me por não ter citado seu trabalho. Utilizei uma foto a partir de pesquisa na internet, e estava em um blog. Não consigo acessar seu trabalho científico, desta forma, removi a imagem.
      Att

  5. Olá !
    Gostaria de saber se esta terapia pode ser utilizada
    em casos de cinomose, eu estou desesperada para
    salvar a vida da minha cadela. Já estou tratando com antibióticos e vitaminas, pelo que percebo nnão está na fase avançada, mas quero tentar tudo .
    Desde já obrigada

    • Bom dia Joseane. Perdoe-me a demora em responder. Particularmente não acho aconselhável fazer tratamento imunomodulador em um cão com doença infecciosa, principalmente quando está na fase infectante. Não se sabe o que a hemoterapia poderá gerar , e é por isso que ela não é vista com bons olhos por muitos. Não há estudo padronizado de odas as suas consequencias. mas de qualquer forma, eu não acho aconselhável.No caso, eu sugiro associal a timomodulina oral, que já se sabe de seus conhecidos efeitos benéficos de aumento da capacidade antinflamatória e imune do paciente. att

    • Keni, realmente eu não conheço no momento nenhum colega que faça. Em São PAulo, estão fazendo a autohemoterapia associado Á ozonioterapia, e acho muito interessante. Eu não faço, pois necessita de aparelhagem especial, mas faça uma pesquisa a respeito.ás vezes uma ou duas aplicações melhoram muito, e quem sabe voce conseguiria se deslocar?
      http://petfisio.com.br/ozonioterapia/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *