Obstrução biliar em gatos

De repente o gatinho fica ictérico (pele e mucosas amareladas), e há uma série de possibilidades diagnósticas. A começar pela suspeita das retroviroses FIV/FELV, ou intoxicação por plantas, produtos de limpeza, venenos. Aliás, nunca esquecer que em nenhuma hipótese. pode-se aplicar em gatos produtos com azul de metileno, ou administrar paracetamol. Isto o levará à morte.

Há ainda uma verminose causada por um parasita, cujo hospedeiro são lagartixas e lesmas, chama-se Platynossomum fastosum, que pode obstruir as vias biliares. É possível evitá-la, administrando regularmente aos gatos que caçam estes animais, vermífugo à base de praziquantel. Continue Reading →

Cegueira súbita em cão

 

Imagem da retina de animal com SARDS

Não é raro acontecer com cães domésticos a instalação de uma cegueira súbita, que lhes causa confusão, depressão, e nesse momento é necessário dar um suporte extra de carinho e paciência para que eles consigam adaptar-se a esta nova condição.

Chamada de SARD – Sudden Acquired Retinal Degeneration, acomete cães com sinais característicos de Hiperadrenocorticismo (síndrome de Cushing): ganho crescente de peso, depressão, letargia.Porém, muito frequentemente,os exames não confirmam a doença.

Continue Reading →

Propedêutica, Anamnese, Repertorização e Tratamento em Homeopatia Veterinária para Animais de Companhia

Todos os passos na consulta homeopática em animais devem ser feitos com paciência, em estado de alerta, receptividade total a qualquer que seja a história relatada e tentando alcançar o máximo de empatia com o nosso paciente, uma vez que sua sensibilidade instintiva já é aguçada, e se tornará ainda mais durante o exame.

Nos mamíferos, de grande, médio ou pequeno porte, as alterações clínicas são muito variadas, mas praticamente todas correlatas às humanas. Curiosamente, nos animais de estimação tem ocorrido paulatinamente um aumento das enfermidades, que também tem aumentado nos seres humanos.

Não há uma explicação exata, mas por quê tantas enfermidades têm surgido nos animais de estimação? Será efeito da endogamia, com aumento da herança de defeitos genéticos? Ou da poluição ambiental crescente, com água e alimentos contaminados com diversos tipos de metais pesados, resquícios de medicamentos e pesticidas, que triplicam a produção de radicais livres intra-celulares, afetando o Sistema Imune?

Ou a convivência mais estreita com seus responsáveis, a criação não mais em casas com grandes quintais, mas dentro de limitados apartamentos, tornando-se mais um membro da família humana? Esta interação constante estaria estimulando o entendimento, com a evolução supra-física ou espriritual? E atrelado a este entendimento dilatado, a vontade estaria despertando, às vezes inadequadamente, gerando conflitos e desequilíbrio?

Não tendo o entendimento e a vontade domicílio físico conhecido, e ao verificarmos nos animais domésticos sintomas patogenéticos derivados de seu desvio, ficamos refletindo se todo processo evolutivo é doloroso, como acontece quase sempre no Ser Humano. De outra forma, como explicar as enfermidades que acometem nossos animaizinhos de estimação, que muitas vezes os fazem sofrer tanto?

Aí nos deparamos com um possível fato. O ser humano tem na sua evolução dois caminhos: um abrangendo a compreensão pacífica frente a infinitude do Universo, da Lei Perfeita e imutável da Ação e Reação e da outra Lei Perfeita do Progresso inexorável. O segundo caminho, o da Dor, para aqueles que se revoltam e teimam em modificar o que já é. Ela, a Dor, é excelente Mestra. Ocorre que com os animais, lhes é limitado o que tantas vezes utilizamos equivocadamente: o Livre Arbítrio.

Continue Reading →

Síndrome de disfunção cognitiva do cão idoso

 

A SDC é a deterioração relacionada à idade (a partir de 10-11 anos de idade), das habilidades cognitivas, caracterizadas por mudanças comportamentais nos cães.

Os sintomas de SDC não são sinais de um “envelhecimento normal”. O cão idoso sadio mantém a mesma personalidade, humor, e interatividade, respeitados limites da idade. Se ele está ficando esquecido, irritável, com descontrole de esfíncteres, mudanças de hábitos, pode estar havendo um comprometimento de suas funções cerebrais, num processo degenerativo semelhante ao que acontece com os seres humanos.

Um número de mudanças fisiopatológicas parecem ser responsáveis:

1) depósito de placas amilóides no córtex cerebral e no hipocampo

2) alterações nos neurotransmissores, incluindo a dopamina

3)  níveis aumentados de monoaminaoxidase   B (MAOB) no cérebro

4)níveis aumentados de radicais livres

Continue Reading →

Vegetarianismo para animais de companhia

Em 2007, a empresa  empresa canadense Menu Foods, a maior fabricante de rações da América do Norte, anunciou que retiraria do mercado 60 milhões de enlatados para animais. O motivo deste Recall sem precedentes, foi a confirmação da morte de 16 animais por falência renal e hepática.

Infortunadamente, na mesma ocasião, a FDA (Food and Drug Administration), agência responsável pela regulamentação de alimentos e medicamentos nos EUA recebeu mais de 14. 000 reclamações sobre animais domésticos com sintomas de perda de apetite, vômitos e apatia, os principais sintomas da intoxicação.

A situação complicou-se ainda mais quando averiguou-se que o agente causador, era  o glúten de trigo importado da China e contaminado com melamina, composto orgânico, comumente produzido a partir da uréia, utilizado na indústria plástica (resina melamina-formaldeído), além de constituir subproduto de vários pesticidas.

Continue Reading →