Por quê os cães correm atrás dos carros?

 

As pessoas sempre perguntam por quê os cães gostam de correr atrás de carros, motos, bicicletas,etc. Observe melhor a expressão de alegria da maioria deles quando fazem isso. Eles na verdade, estão brincando, como num jogo, ou então eles têm um instinto mais aguçado de caça e se não for educado, irá perseguir qualquer coisa que se mova. Em cães socializado e bem ajustados, este comportamento é voltado para brincadeiras com outros cães, ou interagem com as pessoas, com bolas, e outros brinquedos. Às vezes são como crianças que gostam de brincadeiras de lutas. Por isso, quem tem cães com muita vitalidade e este instinto aumentado, deve estar disponível para proporcionar atividades junto ao seu cão, evitando excessos, pois caso contrário, a ausência ou excesso de brincadeiras sem limites poderão resultar em problemas.

Continue Reading →

O perigo dos ossos

É claro que se você oferecer, seu cão irá amar mastigar um osso. A pessoas acham que dar ossos aos seus cães ajudam a manter os dentes limpos, ou acham que todo cão tem de roer um osso de vez em quando.

Na verdade, são tantos os riscos, que o ideal seria não oferecer nenhum osso a eles. Ossos de galinha e ossos de costela de boi ou porco  notoriamente podem causar perfurações em esôfago, estomago ou intestinos. Ossos de vértebras podem ficar presos no interior da boca, incrustados no palato, ou entre a faringe e o esôfago asfixiando-os.

A maioria pensa que é seguro oferecer ossos grandes, mas na verdade estes também podem lascar e gerar muitos ferimentos internos, ou obstruções intestinais, levando a emergências cirúrgicas, sangramentos na mucosa da boca , estomago ou intestinos. Fora o risco de doenças, se são ofertados crus ( toxoplasmose, botulismo, toxinfecções bacterianas) ou se ficam muitos dias rolando pela terra ou chão sujo. A gordura do interior dos ossos, mesmo cozidos, pode levar a diarreias, pancreatites. Continue Reading →

Vinte e um sintomas que você não pode ignorar

1. Andando de um lado para outro e inquietação. Em cães, este comportamento pode indicam dor , desconforto ou sofrimento. Inquietação pode ser associada a dilatação e torção gástrica nos cães de grande porte. È um emergência grave, que necessita de cirurgia.

2. Náusea improdutivo. Cães que tentam vomitar sem resultado, durante algum tempo, podem estar com torção, corpo estranho no estomago/ intestino ou intussussepção, isto é uma alça intestinal entar na outra.Geralmente é emergência cirúrgica.

. 3. Colapso ou desmaio. Sempre é preocupante e mesmo que se recupere raspido deve ser levado ao veterinario para uma bateria cuidadosa de exames. Pode ser uma anemia aguda causada ou por envenenamento ou doença infecciosas. Pode ser uma isquemia, um  ataque cardíaco, uma convulsão discreta, intermação num dia muito quente, eclâmpsia numa fêmea que está amamentando, distúrbios metabólicos, em ultima instancia tumores cerebrais.

 

4.  Anorexia . Podem haver muitas causas,como infecções, dor, lesões na boca ou eôfago, e mesmo causas emocinais. Se persistir por mais de 24 horas é necessário fluidoterapia de reposição e investigação das causa. Em animais muito jovens é necessário rapidamente repor os líquidos que se perdem, E as causas devem ser encontradas e corrigidas.

 

Continue Reading →

Utilização de soro sanguíneo autólogo para tratamento de úlceras corneais de difícil resolução

Os olhos, tanto  no ser humano, como nos animais, são estruturas muito frágeis, facilmente comprometidas, e em caso de qualquer lesão, deve ser imediatamente procurado um centro de emergência, e se necessário, o clínico veterinário encaminhará para o oftalmologista veterinário.

Os animais que ter maior probabilidade de desenvolver úlceras de córnea, são aqueles de focinho curto, ou braquicefálicos, onde a órbita óssea é rasa e o olho propriamente, toma um aspecto protuberante, que chamamos exoftalmia. Podemos exemplificar entre os cães algumas raças: Lhasa Apso, Pequinês, Shih tzu, Pug, Buldogue Frances. Entre os gatos, pode ocorrer nos persas. Por esta característica anatômica, os olhos ficam mais expostos à poeira, ressecamentos, vento, ao calor do secador na hora da tosa,  espuma e produtos químicos que podem escorrer sobre eles, ou objetos ou plantas em que esbarram, ou ainda devido abrigas ou acidentes.

Continue Reading →